Regina Michelon
Poesia: Doces palavras criadas ao seu encanto. Enquanto Canto.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Perfil
Nasci como Regina Vieira Michelon. Eu sou Regina Michelon. Sou de Ubatã-Ba. Uma cidade pequena, no sul da Bahia. Sem dúvida na melhor região da Mata atrântica.

Nasci na beira do Riode Contas, que em minha infância era ainda limpo. Meu pai um auto didata e quase sem estudo, ensinou-me o gosto pela leitura. 

Meu pai Antonio Clair Michelon, gaúcho e filho de italiano com índia (caçada no mato mesmo), veio para Salvador muito novo, para trabalhar numa usina de energia no dique do Torooró.  Em Salvador, conheceu minha mãe Diva Vieira Michelon, filha de Português e mulata, oriunda de Terra Nova. Essa mistura diversificada, da qual me orgulho.

Logo após casarem, já com três filhos em dios anos. Pedro, o mais velho. E os gêmeos Anselmo e Adroaldo. Foram para Ubatã onde meu pai trabalhava, montando a usina de Funil. Lá. aumentaram a familia com a Virginia e eu caçula.

Aos doze anos, mudamos para Salvador. Paripe foi o nosso primeiro endereço. Depois Bairro Guarani e Ribeira.

Aos doze anos, comecei a escrever em proza e verso. Tinha e tenho muita dificuldade com escrita. Por isso insisto e recomendo a todos.

Bem vindos a minha vida. Bem vindos a minha arte.

Gostem de mim. Se não gostar. Sinto muitissimo, pois sou imortal, da Academia Baiana de Literatura.

Eu sou a Regina Michelon.
Eu sou poesia.

http://www.michelonenergia.com.br