Amor e dor..
Regina Michelon
Poesia: Doces palavras criadas ao seu encanto. Enquanto Canto.
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
Despedida
Há tantas maneiras de se despedir. Com dor, com raiva, com rancor, com desprezo. Há uma nova maneira que também penso ser possível: Com amor.
O amor que trás vontade de te ver feliz de verdade, junto à felicidade que sempre buscou. Que siga caminhos retos e que pare de tentar ser esperto com criaturas de QI elevado.
Despeço-me dizendo que és responsável pela semente de amor verdadeiro que explodiu em meu peito
A semente da felicidade de estar no caminho certo.
Despeço-me de bem com a vida. De já ter alguém que me ama de verdade.
Superior e inatingível.
Despeço-me quando retorno ao meu nível social, de onde nunca devia ter saído.
Há pessoas agora em minha vida que “alisou muito o traseiro” no banco da escola.
Que de lá saíram doutores com CREA e tudo.
Despeço-me com o alívio de não sustentar mais o “seu peso morto” que me forçava a andar pra trás. Afinal eram quase 100 quilos de vagabundagem e isso incomodava mais que um elefante num fusca.
Despeço-me finalmente em paz com Deus e com os enganados que você deixou.
www.reginamichelon.com
A Regina Michelon
Enviado por A Regina Michelon em 16/05/2008
Alterado em 28/11/2012
Comentários