Amor e dor..
Regina Michelon
Poesia: Doces palavras criadas ao seu encanto. Enquanto Canto.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

O DESPOJADO

Não sei até quando
Contento-me com o encanto,

Ou se logo desprezo o momento
No intuito de um canto
Do sopro do vento,

E se desprezo o momento,
Despojado sou de pranto!
Se for sobrado o contentamento,
Já não sei até quando
Enfado-me em pensamentos
Ney Figueiredo.
Enviado por A Regina Michelon em 18/12/2017


Comentários